Justiça determina retirada de portais da entrada de Pompeia
Nossa Lucélia - 19.04.2017


Construção foi considerada ilegal pelo Departamento de Estradas de Rodagem


POMPEIA - A Justiça determinou que dois portais construídos há cinco anos na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, em Pompeia, sejam retirados.

As obras custaram quase R$ 300 mil aos cofres públicos e foram pagas com recursos do Ministério do Turismo, mas há 3 anos a construção foi considerada ilegal pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER). 

Um dos portais fica na entrada da cidade para quem vem de Marília e outro para quem segue de Tupã. A prefeitura não tinha autorização para essas obras que foram feitas em uma área de responsabilidade do Estado. 

A lei determina que nenhuma obra pode ser feita na rodovia sem autorização do DER, porque pode provocar acidentes. Na época, a prefeitura havia sido notificada para retirada dos portais, mas recorreu.

A decisão final saiu agora e a prefeitura de Pompeia tem 30 dias para retirar os portais. Para o investimento todo não ser perdido, exatos R$ 293 mil, a prefeitura vai tentar reutilizar o material em outras obras. “Infelizmente teremos que cumprir e veremos a finalidade que daremos àquela obra”, diz a prefeita Tina Januário.

O ex-prefeito de pompeia Oscar Yasuda, disse que os portais foram construídos dentro do perímetro urbano, que é de responsabilidade do município e por isso não havia a necessidade de autorização do DER. Informou também que o projeto foi feito por engenheiros e a obra fiscalizada por especialistas e não oferece riscos aos motoristas e pedestres.


Fonte: Do G1 Bauru e Marília

Voltar para Home de Notícias


Copyright 2000 / 2017 - All rights reserved.
Contact: Amaury Teixeira Powered by www.nossalucelia.com.br
Lucélia - A Capital da Amizade
O primeiro município da Nova Alta Paulista